Setor M.I.C.E.

O M.I.C.E. – sigla em inglês para Meetings (Encontros), Incentives (Incentivos), Conferences (Conferências) and Exhibitions (Feiras) – é um dos segmentos que mais cresce no mundo.

O Brasil permaneceu em 1º lugar entre os países da América Latina que mais receberam eventos em 2016, de acordo com a ICCA (Associação Internacional de Congressos e Convenções). Nas Américas, o País fica em terceiro atrás apenas dos Estados Unidos e Canadá.

Desde 2003, quando a Embratur passou a se dedicar exclusivamente à promoção do Brasil como destino turístico no exterior, os Congressos e Convenções de Negócios subiram 294%, de 62 para 244 eventos no total. No mesmo período, o número de cidades que sediaram esse tipo de evento subiu de 22 para 45.

O turismo de Negócios e Eventos é o segundo segmento da lista que mais contribui no fluxo internacional de visitantes para o Brasil, após o de Lazer. Com um gasto médio diário de US$ 329,39 – conforme pesquisa realizada pela Embratur em parceria com a Fundação Getúlio Vargas –, o turista estrangeiro de Negócios e Eventos faz ainda uma divulgação espontânea do destino, estimulando a vinda de futuros visitantes, se mostrando de grande valia para o turismo no Brasil.